Novo modelo de redes neurais

O paper de Armstrong (2016) deve interessar não apenas aos que seguem de perto a área de modelos teóricos, uma vez que traz idéias relevantes tanto para quem estuda plasticidade sináptica, quanto àqueles dedicados à neuroanatomia funcional. Vale a pena conferir:

http://arxiv.org/abs/1603.09723

Jorge

Categorias: Neurociência, Publicação destacada. Para adicionar o texto à sua lista de favoritos, use o permalink. Envie um comentário ou deixe um trackback: URL de trackback.

Envie um Comentário

Seu email nunca será divulgado. Os campos de preenchimento necessário estão marcado com um *

*
*