Roda da Ciência: Divulgação Científica na internet e escolas

logo1Inicialmente, o Roda da Ciência foi projetado como um simples programa de entrevistas, em que alunos de Ensino Fundamental e Médio fariam perguntas a pesquisadores convidados. Ou seja, a intenção original do Grupo Verde (a produtora que se formou pel reunião de amigos cinetistas) era a de elaborar um programa de entrevistas destinado unicamente à divulgação científica. Porém, como “ideia é mato”( o sloogan do grupo verde), novos elementos foram acrescentados ao programa, enriquecendo tanto sua dinâmica quanto seu conteúdo. Como o Grupo Verde á altamente interessado na interação entre ciência e arte, foram propostos roteiros diversificados, de modo a tornar o Roda da Ciência um espaço não só de divulgação científica, mas também de divulgação artística.

Assim como é da intenção do programa convidar cientistas brasileiros (particularmente os de Ribeirão Preto-SP), também é feita a proposta de divulgar a produção local em torno da música, das artes plásticas e do teatro. Neste sentido, o Roda da Ciência privilegia produções musicais originais (desde canções até então pouco divulgadas até trabalhos de arranjo musical sobre obras já consagradas), apresentações “ao vivo” de artistas plásticos e cenas teatrais (geralmente cômicas) desempenhadas por companhias locais de teatro. Todos estes elementos artísticos são inseridos ao longo da entrevista, ilustrando o que está sendo esclarecido pelo pesquisador e dinamizando o jogo de imagens.

O Roda da Ciência 1

Nesta primeira edição do Roda da Ciência, os alunos do Programa Adote um Cientista da Casa da Ciência entrevistam o Dr. Marcus Lira Brandão, pesquisador do Instituto de Neurociências e Comportamento (INeC). As bases neuronais do medo, ansiedade e estresse, bem como as implicações destes estados comportamentais no cotidiano, são os temas principais dessa interessante conversa.

Durante a entrevista, o psicólogo André Perin traz belas canções originais, divulgando a produção musical que tem feito ao lado de alguns parceiros. Enquanto isso, o neurocientista e artista plástico Dr. Norberto Garcia Cairasco faz pinturas digitais a fim de propor a união entre ciência e arte.

BLOCO 3

Veja na integra em http://www.youtube.com/grupoverderp

PARCEIROS DO PROJETO

A CASA DA CIÊNCIA

A Casa da Ciência é um núcleo de pesquisa em educação e difusão científica, instalada na Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto-SP. Liderada pela Dra. Marisa Ramos Barbieri, a equipe da Casa da Ciência possibilita o contato direto entre crianças/adolescentes e pesquisadores do campus da USP de Ribeirão Preto-SP. A maioria desses pesquisadores são pós-graduandos, que preparam cursos teóricos e práticos a respeito de diversos temas, que os alunos acompanham paralelamente à rotina de suas escolas.

O INEC

Outro importante núcleo de divulgação científica de Ribeirão Preto-SP é o Instituto de Neurociências e Comportamento (INeC), ligado à Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto-SP (USP) e coordenado pelos Drs. Norberto Cysne Coimbra e Marcus Lira Brandão. Financiado pelo CNPq (agência federal de fomento à pesquisa), o INeC vem apoiando iniciativas de divulgação científica, como o programa Roda da Ciência.

A OFICINA DA VINCI

Interessado na interação entre ciência e arte, o Laboratório de Neurofisiologia e Neuroetologia Aplicada (LNNE), orientado pelo Dr. Norberto Garcia Cairasco da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-SP (USP), mantém a Oficina Da Vinci. Nesta oficina, os pesquisadores juntamente com suas atividades científicas de rotina realizam experiências de artes plásticas, como desenhos e pinturas, aproximando neurociências e artes.

O GRUPO VERDE

O Grupo Verde (Ideia é Mato) é formado por um grupo multidisciplinar constituído de biólogos, jornalistas, pedagogos e pós-graduandos em neurociências interessados em contribuir para o desenvolvimento da divulgação e difusão científica no Brasil. Contando com a parceria da Casa da Ciência, da Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto-SP, do INeC e da Oficina Da Vinci, o Grupo Verde concebeu e produziu o programa Roda da Ciência, contido no DVD que está em suas mãos.

Difusão científica

Grande parte do conhecimento transmitido nas escolas é apresentada como se todas as informações e teorias tivessem sido produzidas há muito tempo, por cientistas de países distantes. Aliás, muitos desses conhecimentos são mostrados como se já estivessem prontos, “desde sempre”. Assim, os modelos tradicionais de ensino tendem a afastar o conhecimento científico do cotidiano do aluno.

Neste cenário de elitização do “fazer pesquisa”, a divulgação científica para crianças, adolescentes e adultos leigos tem uma missão a cumprir: combater o preconceito de que o conhecimento científico só serve para poucos. Por meio do desenvolvimento do senso crítico diante da produção científica, a difusão científica procura mostrar para a sociedade que a busca por novos conhecimentos é acessível e importante tanto para atualizar o conteúdo transmitido nas escolas quanto para gerar novas tecnologias, tratamentos clínicos, políticas públicas, etc.

Inspirado em alguns programas televisivos de auditório e de entrevistas, disseminados pela mídia dominante, o Roda da Ciência fornece uma pequena amostra do dia-a-dia da Casa da Ciência, divulgando para o grande público que o contato de crianças e adolescentes com pesquisadores é perfeitamente saudável. Assim, o perfil do Roda da Ciência é de um programa mais preocupado com a difusão do “fazer pesquisa” do que com a transmissão didática de conteúdos específicos.

Além disso, o Roda da Ciência procura expor um dos principais resultados dos trabalhos na Casa da Ciência: a enorme curiosidade e inquietação de seus alunos. Por transportar esse microambiente da Casa da Ciência para as telas de computador ou televisão externas à universidade, o Roda da Ciência pretende contribuir para que uma grande quantidade de alunos também desenvolva esse interesse descompromissado pela ciência. Portanto, o Roda da Ciência pode ser usado como ferramenta pelo professor de Ensino Fundamental e Médio preocupado em despertar, nos seus alunos, a curiosidade e o prazer da descoberta, independentemente do tema.

Mas a apreciação deste programa não se restringe a crianças e adolescentes. Adultos leigos também podem assistir ao Roda da Ciência para obter informações básicas a respeito de algumas das pesquisas que têm sido feitas no Brasil e financiadas pelo investimento público.

Categorias: Vídeos. Para adicionar o texto à sua lista de favoritos, use o permalink. Envie um comentário ou deixe um trackback: URL de trackback.

Um Comentário


  1. Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function ereg() in /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/library/extensions/hooks-filters.php:194 Stack trace: #0 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/comments.php(34): thematic_commenter_link() #1 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-includes/comment-template.php(1512): require('/home/storage/5...') #2 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/single.php(38): comments_template() #3 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-includes/template-loader.php(77): include('/home/storage/5...') #4 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-blog-header.php(19): require_once('/home/storage/5...') #5 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/index.php(17): require('/home/storage/5...') #6 {main} thrown in /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/library/extensions/hooks-filters.php on line 194