O Sono do Golfinho

Estamos celebrando esta semana o “Brain awareness week”, evento que reúne diversas instituições mundo a fora para divulgar as neurociências. No Rio de Janeiro está acontecendo a incrível iniciativa de levar essa ciência tão interessante para a praia (veja também em http://oglobo.globo.com/saude/evento-em-copacabana-promove-testes-para-estimular-cerebro-7808451). Então vou aqui aproveitar a deixa para falar de animais que só vemos por lá, os cetáceos. Acontece que os cetáceos são mamíferos como nós e possuem necessidades fisiológicas semelhantes, dentre elas dormir. Estes animais vivem dentro d’água e respiram fora dela e ai se forma um problema: como dormir sem morrer afogado?

Em 1977, Mukhametov e colaboradoes publicaram os resultados de eletroencefalogramas dos cérebros de golfinhos nariz-de-garrafa (Tursiops truncatus). E o que eles observaram foi que os dois hemisférios cerebrais dormiam em momentos diferentes! Pois é, diferente dos mamíferos terrestres, os golfinhos conseguem se manter nadando enquanto dormem. Para isso eles dormem com um lado dos seus cérebros de cada vez, o chamado sono unihemisférico.

Quando estão dormindo com um de seus hemisférios o olho do lado oposto fica fechado, enquanto o do mesmo lado fica aberto, alerta. Lyamin e colaboradores (2007) acompanharam mães e filhotes de golfinhos durante os primeiros meses de vida. Eles observaram que o olho aberto do filhote estava preferencialmente virado para a mãe a maior parte do tempo. Golfinhos conseguem manter-se alerta por muitos dias o que especula-se pode ser importante não só para respirar como para manter a coesão de grupos e evitar predadores.

O sono pode ser dividido em duas fases, a de ondas lentas e o de movimentos rápidos dos olhos (sono REM). O sono unihemisférico de mamíferos aquáticos é composto quase que totalmente por sono de ondas lentas. O sono REM é muito pequeno ou pode estar totalmente ausente em algumas espécies. Em mamíferos terrestres, como nós, o sono REM é caracterizado pelo total relaxamento muscular e pelo desligamento da regulação da temperatura corporal. Acontece que a perda de tônus muscular é incompatível com o nado e a falta de controle da temperatura corporal em baixo d’água deve levar a um esfriamento muito rápido dependendo da temperatura desta.

Muitas espécies apresentam sono unihemisférico e este apareceu em diferentes grupos independentemente. Além dos golfinhos, outros mamíferos aquáticos como baleias, leões marinhos, peixes-boi e o boto do rio Amazonas também fazem sono unihemisférico. E aves também fazem. Até hoje só foi possível registrar o sono de aves no solo mas acredita-se que aves migratórias, que passam muitos dias voando, possam voar e dormir ao mesmo tempo. As galinhas dormem com um olho e deixam o outro na raposa.

Os mamíferos aquáticos são um lindo exemplo de como a fisiologia do sistema nervoso é plástica e adaptável aos hábitos das espécies. Ainda vamos precisar muitos estudos com estes incríveis animais para sabermos como os hemisférios cerebrais dissociam as suas atividades e depois as reconectam.

Lyamin O, Pryaslova J, Kosenko P, Siegel J (2007) Behavioral aspects of sleep in bottlenose dolphin mothers and their calves. Physiol. Behav. 92:725-733.

Mukhametov LM, Supin AY e Polyakova (1977) Interhemispheric asymetry of the electroencephalographic sleep patterns in dolphins. Brain Res. 134:581-584.

Por Eduardo Bouth Sequerra (recebido em 13/03/2013)

Apoio: SBNeC, Rio SfN Chapter

 

 

 

 

 

 

 

Categorias: Eventos, Neurociência. Para adicionar o texto à sua lista de favoritos, use o permalink. Envie um comentário ou deixe um trackback: URL de trackback.

Um Comentário


  1. Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function ereg() in /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/library/extensions/hooks-filters.php:194 Stack trace: #0 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/comments.php(34): thematic_commenter_link() #1 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-includes/comment-template.php(1512): require('/home/storage/5...') #2 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/single.php(38): comments_template() #3 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-includes/template-loader.php(77): include('/home/storage/5...') #4 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-blog-header.php(19): require_once('/home/storage/5...') #5 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/index.php(17): require('/home/storage/5...') #6 {main} thrown in /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/library/extensions/hooks-filters.php on line 194