A neurociência jovem do Brasil

logo1Ribeirão Preto, uma importante cidade do interior paulista. Alem de pólo comercial e industrial, Ribeirão abriga várias universidades e uma grande população de jovens que chegam até ela para se formarem. Por consequência, a noite é agitada, os bares lotam e um calor infernal nos convida e tomar um chopp e passar a tarde toda na beira de uma piscina.

No entanto, alguns jovens de Ribeirão Preto, em sua maioria biólogos formados pela USP e grandes amigos, se reuniram em torno de um ideal comum: divulgar as neurociências e ampliar seu entendimento ao máximo, utilizando para isso as ferramentas tecnológicas que estamos tão acostumados (internet, áudio e vídeo digitais etc.), mas que por outro lado, os cientistas mais tradicionais não têm tanta intimidade e não sabem, na realidade, de seu poder de penetração.

Montou-se então o Grupo Verde, uma produtora de idéias, cujo sloogan “Idéia é mato”, resume a ideologia: Muita discussão, muita conversa e ação organizada. O grupo vem realizando o programa “Roda da Ciência”, que segue os moldes do programa “Roda Viva”, da TV Cultura, mas os entrevistadores são alunos e o entrevistado, um professor ligado à um laboratório de pesquisa . Esses alunos são meninos e meninas de 12 a 18 anos que vêm até a Casa da Ciência (Hemocentro da USP-RR) para terem aulas com alunos de pós-graduação.

Tudo é filmado e editado pelo Grupo Verde – que até então nunca tinham se deparado com uma câmera de vídeo – e auxiliares técnicos do hemocentro. Além do programa gravado neste formato televisivo, são gerados pequenos documentários sobre quem se envolveu. Veja alguns deles.

DOCUMENTÁRIO INEC-RP (USP)

DOCUMENTÁRIO CASA DA CIÊNCIA

“TEASER” RODA DA CIÊNCIA

DOCUMENTÁRIO OFICINA DA VINCI – LNNE – USP

*Luis Fernando S. de Souza-Pinto, é Biólogo, mestrando em Psicobiologia pela USP de Ribeirão Preto e Psicanalista.
Categorias: Vídeos. Para adicionar o texto à sua lista de favoritos, use o permalink. Envie um comentário ou deixe um trackback: URL de trackback.

Um Comentário


  1. Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function ereg() in /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/library/extensions/hooks-filters.php:194 Stack trace: #0 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/comments.php(34): thematic_commenter_link() #1 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-includes/comment-template.php(1512): require('/home/storage/5...') #2 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/single.php(38): comments_template() #3 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-includes/template-loader.php(77): include('/home/storage/5...') #4 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-blog-header.php(19): require_once('/home/storage/5...') #5 /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/index.php(17): require('/home/storage/5...') #6 {main} thrown in /home/storage/5/54/f3/blog250/public_html/wp-content/themes/thematic/library/extensions/hooks-filters.php on line 194